segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

PORQUÊ???

.... tanta gente boa que MORRE,
e outra tão RUIM por aí à solta????

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

Kimzito!!!

MUITAS FELICIDADES!!!

Do fundo do coração, desejo-te o que de melhor possa haver neste Mundo....

"As páginas da vida são cheias de mistérios...

Há capítulos de alegria, mas também de tristeza.

Há mistérios efantasias,

sofrimento e decepções.

Por isso, não rasgues páginas,

nem saltes capítulos,

não te apresses em descobrir os mistérios,

não percas as esperanças,

pois muitos são os finais felizes.

E nunca te esqueças do principal:

no livro da vida, TU és o autor."
Desconheço o autor, mas concordo plenamente.
ADORO-TE !! (e tu sabes)

....

Mais um elo se quebrou...

Tu sabes que, independentemente de tudo e apesar de distante, estarei sempre contigo...

O meu coração, a minha Alma, acompanhar-te-ão sempre e eu estarei sempre AQUI...

Força Amigo!!! (acho que também te posso chamar assim)

terça-feira, 1 de dezembro de 2009

DESEJO-TE TEMPO!!!



Não te desejo um presente qualquer,
Desejo-te somente aquilo que a maioria não tem.
Desejo-te tempo, para te divertires e para sorrir;
Desejo-te tempo para que os obstáculos sejam sempre superados
E muitos sucessos comemorados.
Desejo-te tempo, para planear e realizar,
Não só para ti, mas também para os outros.
Desejo-te tempo, não para ter pressa e correr,
Desejo-te tempo para te encontrares,
Desejo-te tempo, não só para passar ou vê-lo no relógio,
Desejo-te tempo, para que fiques;
Tempo para te encantares e tempo para confiares em alguém.
Desejo-te tempo para tocares as estrelas,
E tempo para crescer e amadurecer.
Desejo-te tempo para aprender e acertar,
Tempo para recomeçar, se fracassares...
Desejo-te tempo também para poderes voltar atrás e perdoar.
Desejo-te tempo, para ter novas esperanças e para amar.
Desejo-te tempo para ser FELIZ.
Para viver cada dia, cada hora como um presente.
Desejo-te tempo, tempo para a vida.
Desejo-te tempo.
Tempo.
Muito tempo!
(Autor desconhecido)

AMOR DA MINHA VIDA....

Desejo-te um FELIZ ANIVERSÁRIO!!!


Um Aniversário é o momento ideal para dizer a quem amamos tudo o que não se diz nos outros dias do ano.
Por isso, escolhi este dia para te dizer que te desejo muito mais do que um simples Feliz Aniversário.
Desejo-te FELICIDADE todos os dias do ano, para te recompensar da felicidade que tu dás aos outros.
Assim sendo, hoje não é um dia para celebrar simplesmente um Feliz Aniversário.
É um dia em que eu desejo celebrar TUDO em Ti!!!

terça-feira, 24 de novembro de 2009

domingo, 22 de novembro de 2009

....

Quem me dera poder estar cada minuto do meu Tempo contigo!!...

quinta-feira, 29 de outubro de 2009

Curso de inglês


É isso mesmo...
Todos temos de nos preparar para o futuro....
Já dizia Darwin "espécie que não se adapta, não sobrevive"...

Não entendo...


NADA de Nada...

domingo, 25 de outubro de 2009


Por mais vezes que venhas,

Por mais vezes que vás,

Cada beijo, cada abraço,

Cada toque e cada palavra

Ficará sempre comigo...

segunda-feira, 19 de outubro de 2009

Há Amores...


Conheceram-se e amaram-se.
Mas aquele não era ainda o tempo deles e cada um seguiu o seu caminho. Cada um tinha a sua missão a cumprir e cada um deles cumpriu-a o melhor que pôde e soube.
Mas quis o destino que voltassem a encontrar-se. Mais velhos, mais maduros, mais seguros deles mesmos.
Tinham vivido alegrias, tristezas, encantos e desencantos, amores e desamores. Cada um deles trazia consigo uma bagagem cheia de Vida... Mas nessa bagagem havia ainda Amor de um para com o outro.
E quando se encontraram de novo, 12 anos após se terem separado, o carinho, a amizade e o querer estar sempre perto tomou conta deles. O Mundo parou e os seus pensamentos voltaram a unir-se, as suas bocas voltaram a juntar-se, os seus corpos voltaram a amar-se. Tudo se complementava na perfeição. Estavam ligados para lá do Tempo.
Aquele AMOR antigo, ganhou asas de novo. Ficou mais forte, mais seguro, mais certo de sentimentos. Continua assim até hoje, 6 anos depois...
As barreiras que havia, algumas foram ultrapassadas, outras continuam ainda a existir, mas juntos serão mais fortes e juntos serão capazes de tudo superar.
Por tudo isto, apetece-me hoje dizer:
“Há AMORES... assim.”


Há amores assim
Que nunca têm início
Muito menos têm fim
Na esquina de uma rua
Ou num banco de jardim
Quando menos esperamos
Há amores assim

(Donna Maria)

domingo, 18 de outubro de 2009

terça-feira, 13 de outubro de 2009

EU


Eu sou quem no mundo anda perdida,
Eu sou quem na vida não tem norte,
Sou a irmã do Sonho, e desta sorte
Sou a crucificada... a dolorida...

Sombra de névoa ténue e esvaecida,
E que o destino amargo, triste e forte,
Impele brutalmente para a morte!
Alma de luto sempre incompreendida!

Sou aquela que passa e ninguém vê...
Sou a que chamam triste sem o ser...
Sou a que chora sem saber porquê...

Sou talvez a visão que Alguém sonhou,
Alguém que veio ao mundo pra me ver
E que nunca na vida me encontrou!
Florbela Espanca
Esta sou EU...

sábado, 10 de outubro de 2009

A NOSSA ***ESTRELA***


Ainda te lembras da nossa ESTRELA???
Ela continua lá em cima olhando para nós...
Quando as SAUDADES apertam
Olho para o céu e
Acredito que tu farás o mesmo....
Sinto dentro de mim MOMENTOS
Em que os nossos pensamentos se cruzam...
Fecho os olhos e...
Sinto-te ao meu lado,
Sinto a tua mão na minha,
Sinto o teu abraço apertado,
O teu beijo,
Sinto-te em MIM.
ATÉ BREVE!!!
Morro de saudades TUAS...

domingo, 30 de agosto de 2009


Há amores que duram mais que uma vida...
Vivem-se várias vidas, e esse AMOR nunca se esquecerá nem nesta vida, nem naquela que há-de vir, …
Porque quando passamos pela vida de alguém, marcamos a nossa passagem de uma forma impossível de apagar...

sábado, 29 de agosto de 2009

MOMENTOS


…Momentos…
A vida é feita de MOMENTOS:
Mais ou menos longos;
Mais ou menos alegres;
Mais ou menos tristes;
Mais ou menos descontraídos;
Mais ou menos intensos;
Mais ou menos profundos…
Momentos é tudo o que fica.
Momentos…
Momentos guardados na ALMA!!
São esses os que realmente importam.
Todos os outros,
Apesar de nossos,
Apesar de fazerem parte de nós
São efémeros e secundários…
Momentos…
Momentos que nos fazem…
Momentos de que somos feitos…
Momentos.

domingo, 23 de agosto de 2009

HOMENS


"Ele tomara a sua decisão. Mais adiante na vida, Ann aprenderia que quando certos homens tomavam decisões era para lhes permanecerem fiéis, não obstante as torturas posteriores a que as decisões os sujeitassem. Aprendeu que os homens preferiam sofrer a mudadrem as suas ideias e os seus hábitos. Tinham a capacidade de desenvolver sistemas elaborados de contenção da dor, por vezes tão eficientes quie os deixavam completamente inconscientes da vastidão da dor que possuíam." S.M.


Estou completamente de acodo. Há homens assim...

quinta-feira, 20 de agosto de 2009

ATITUDE


Muitas das vezes aquilo que mais nos magoa ou que mais nos alegra são as atitudes...

Porque quem as toma são aqueles de quem não estamos à espera....

Porque de quem esperamos nada diz, nem nada faz...

No final, é sempre uma questão de atitude...

Ou postura perante as situações.

quarta-feira, 19 de agosto de 2009

COMO????


Como se arranja espaço para guardar todas as RECORDAÇÕES?


Não se arranja.


As coisas esquecem-se.


Uma quantidade surpreendente daquilo que se viveu, simplesmente desaparece...

segunda-feira, 17 de agosto de 2009

Os nossos corpos suados
envoltos sem regras
nem pudor...
A lua, solitária e companheira,
testemunha o nosso amor.
As estrelas, que com ela,
alumiam a nossa paixão,
coram ao ver-nos assim
no meio de tanta emoção...
Passam horas...
que um momento nos parece.
O nosso fogo arde ainda,
a chama não esmorece!!!
Mas faz-se tarde, meu bem...
O relógio não perdoa.
É tempo, temos de ir
ainda que isso nos doa....

sexta-feira, 14 de agosto de 2009

REGRESSO...


Pois é...

Estou de volta.

Terminaram as férias e aqui estou eu de novo...

Haja força para enfrentar mais um ano...

sexta-feira, 24 de julho de 2009

SINAPSES

Algumas das possíveis causas de uma lesão cerebral (destruição ou degeneração das células do cérebro) poderão ser:
- acidentes;
- traumatismos;
- AVC`s;
- formação de coágulos;
- privação de oxigénio;
- tumores;
….
O que é certo é que havendo uma lesão cerebral as ligações da área do cérebro afectadas deixam de se realizar como deveriam ou, naquelas mais graves, deixam de se realizar de todo.
Em casos sérios de lesão cerebral, o resultado pode ser incapacidade permanente, incluindo défice neurocognitivo, problemas de fala ou movimento, estado vegetativo, coma ou até a morte.
Ainda assim, há casos de sucesso em que as células do nosso cérebro conseguem estabelecer outras ligações, levando à recuperação do indivíduo. Os mistérios do nosso cérebro são imensos e os neurónios lá conseguem estabelecer outras ligações sinápticas.
No entanto, mesmo nos casos de maior sucesso, há sempre vestígios destas lesões ainda que muitas vezes quase indetectáveis (a voz que se arrasta ligeiramente, os membros que não recuperam os movimentos na totalidade, e as menos visíveis ainda, as que só se vêem nas TAC).

Será que o mesmo se passa com as AMIZADES???

quinta-feira, 23 de julho de 2009

A VIDA


"Considero a vida uma estalagem onde tenho que me demorar até que chegue a diligência do abismo. Não sei onde me levará, porque não sei nada. Poderia considerar esta estalagem uma prisão, porque estou compelido a aguardar nela; poderia considerá-la um lugar de sociáveis, porque aqui me encontro com outros. Não sou, porém, nem impaciente nem comum. Deixo ao que são os que se fecham no quarto, deitados moles na cama onde esperam sem sono; deixo ao que fazem os que conversam nas salas, de onde as músicas e as vozes chegam cómodas até mim. Sento-me à porta e embebo meus olhos e ouvidos nas cores e nos sons da paisagem, e canto lento, para mim só, vagos cantos que componho enquanto espero.Para todos nós descerá a noite e chegará a diligência. Gozo a brisa que me dão e a alma que me deram para gozá-la, e não interrogo mais nem procuro.


Se o que deixar escrito no livro dos viajantes puder, relido um dia por outros, entretê-los também na passagem, será bem. Se não o lerem, nem se entretiverem, será bem também."

Excerto do livro do desassossego, Fernando Pessoa
Isto tudo para dizer que ultrapassei mais uma etapa da minha vida...

quarta-feira, 22 de julho de 2009

TREZE ANOS....


TREZE anos!...

Idade dos sonhos,
idade das ilusões,
é a flor a desabrochar,
é a vida, e a esperança,
o céu azul, o campo verde, o lago tranquilo,
a aurora que rompe, o rouxinol que canta,
É o tempo em que se abraça o Mundo,
Se é destemido, aventureiro…
O tempo da doçura, das amizades eternas, dos primeiros amores….
Minha querida, minha menina
Desejo-te tudo o que de MELHOR possa haver no Mundo…
O meu AMOR por ti não tem fim….
Cresce a cada dia que passa e cada dia que passa gosto mais de TI.
Neste dia,
No dia do teu aniversário,
Apenas te desejo que continues sempre assim.
És a minha Alegria, o meu doce….
Que sejas sempre FELIZ!!!

segunda-feira, 13 de julho de 2009

quarta-feira, 8 de julho de 2009

O AMOR é como uma borboleta…
Quanto mais a persegues,
Quanto mais a tentas apanhar, mais ela te escapa.
Mas se a deixares voar livremente, ela virá pousar suavemente no teu ombro…
Acho que a minha borboleta vai voltar....

segunda-feira, 6 de julho de 2009

E não é que hoje ELE ligou???
Gostei que o tivesse feito.
Adorei ouvir a sua voz sussurrando me ao ouvido!!!
Uma boa noite também para Ti.
ADORO-TE!!!

Sonhos...

“Às vezes construímos sonhos em cima de grandes pessoas…

O tempo passa…

E descobrimos que grandes eram os sonhos, e as pessoas pequenas demais para torná-los reais…”



Boby Marley

terça-feira, 30 de junho de 2009

Porque já faz tanto tempo que estivemos juntos…
Porque te amei como se realmente fosse a última vez…
Porque morro de saudades tuas…
Porque te AMO (ainda)
Porque foi esta a (última) música que ouvimos juntos… nesse dia
Porque diz tanto…
Porque nos disse tanto…
Porque calámos…
Porque ouvimos…
E porque realmente a sentimos….
Aqui deixo a letra…
Porque também nós somos IMORTAIS!!!
Porque EU também ainda não sei não TE ter…


IMORTAIS
Mafalda Veiga

Por mais que a vida nos agarre assim
Nos troque planos sem sequer pedir
Sem perguntar a que é que tem direito
Sem lhe importar o que nos faz sentir


Eu sei que ainda somos imortais
Se nos olhamos tão fundo de frente
Se o meu caminho for para onde vais
A encher de luz os meus lugares ausentes


É que eu quero-te tanto
Não saberia não te ter
É que eu quero-te tanto
É sempre mais do que eu te sei dizer
Mil vezes mais do que eu te sei dizer


Por mais que a vida nos agarre assim
Nos dê em troca do que nos roubou
Às vezes fogo e mar, loucura e chão
Às vezes só a cinza do que sobrou


Eu sei que ainda somos muito mais
Se nos olhamos tão fundo de frente
Se a minha vida for por onde vais
A encher de luz os meus lugares ausentes


É que eu quero-te tanto
Não saberia não te ter
É que eu quero-te tanto
É sempre mais do que eu sei te dizer
Mil vezes mais do que eu te sei dizer

domingo, 14 de junho de 2009

QUERO-TE


O desejo aquece-me a ALMA…
Embriaga-me os sentidos.
Ao pensar em Ti estremeço,
É grande a vontade de Ti.
Fecho os olhos, SINTO-TE…
Sinto o teu toque,
As tuas mão,
O teu beijo,
O teu corpo no meu…
Perdidos.
Sensações de prazer…
AMO-TE!
QUERO-TE!
Meu Homem, minha Vida…
Minha doce razão de viver…

sexta-feira, 12 de junho de 2009

A QUEDA DE UM ANJO

Um dia apareceu um Anjo.

Era um Anjo lindo. Tinha tudo o que um Anjo deveria ter. Além de Lindo, tinha uma grande Bondade e um Grande Sentimento.
Esse Anjo viveu por muitos tempos, por muitas vidas, por muitos lugares…
Era uma Alma irrequieta!
Sempre em busca do AMOR.
Sempre em busca do SEU Amor. O SEU GRANDE AMOR. O seu verdadeiro amor.
E esse Amor um dia apareceu.
Ele conheceu-a e conquistou-a.
Ela era tudo o que ele sempre tinha procurado ao longo de toda a sua existência.
Ele era tudo o que ela estava à espera.
E juntos viveram um Grande Amor.
Durante algum tempo, eles foram tudo o que ambos desejavam.
A Felicidade parecia abraça-los…
Parecia que o Universo se tinha conjugado a seu favor.
E esse Amor até poderia ter voado mais longe e mais alto…
Mas havia o DESTINO, com o qual eles não contaram. Mas estava traçado e não souberam lidar com ele.
E ambos souberam que por maior que fosse esse Amor, ainda NÃO era o seu Tempo.
Ele porque não era forte o suficiente para lutar e enfrentar o Destino. Teria de romper com a norma, teria de remar contra a maré, teria de andar contra a multidão e saltar obstáculos. E havia tantos obstáculos para ultrapassar… Demasiados.
Ela porque lutou de mais. Lutou demais contra tudo e todos. Remou contra ventos e marés, subiu montanhas e atravessou desertos…
Mas chegou a um determinado momento em que as forças a abandonaram. Estava exausta. Demasiado cansada para continuar a sua luta inglória.
O seu Amor por ele era demasiado GRANDE para o prender ou para continuar a lutar contra “moinhos de ventos”.
E há momentos em que é necessário optar.
E ela optou.
E o seu ANJO CAIU. A Nuvem que o sustentava deixou de poder com ele. E ele caiu da sua Nuvem. E perdeu-se…
Estou certa que o seu fogo não se extinguirá e, devido à sua Natureza errante, encontrará uma outra Nuvem onde se fixar…

quinta-feira, 4 de junho de 2009

MUDANÇA...


“Quando uma mudança acontece de modo suficientemente lento, escapa à consciência e não desperta, na maior parte dos casos, nenhuma reacção, nem um pouco de oposição ou sequer alguma revolta.”

Vejo muita gente que simplesmente se acomoda.
Simplesmente acomoda-se às situações.
É mais fácil…
É mais cómodo…
Não requer muito esforço…
E sempre nos podemos queixar da vida miserável que temos…
MUDAR requer esforço, dinâmica, força de vontade, trabalho…
Sobretudo trabalho e luta…
E sempre há a possibilidade das coisas não correrem pelo melhor…
Há sempre a possibilidade da derrota e de ter que recomeçar tudo de novo…
De recomeçar a partir do nada.
E isto requer muito esforço…
E há quem prefira continuar tudo como está, pensando que as coisas se resolvem por si só.
Que tudo tem um fim …
Que a tempestade há-de passar e que melhores dias virão.
E o TEMPO passa…
E nós passamos pelo tempo…
E quando damos conta o tempo passou por nós.
E agora???
Será por isto que eu não tenho emenda???
E continuo a ser uma ALMA em movimento…
E indigno-me…
E falo…
E mudo…
E tento (pelo menos) mudar algumas coisas, algumas mentalidades e incutir valores…
Provavelmente não irei mudar as coisas e muito menos mudar o Mundo…
Mas fica registada a minha INDIGNAÇÃO.

terça-feira, 2 de junho de 2009

“Quando sentires a Brisa tocar no teu rosto, é a minha SAUDADE que te beija.”

sexta-feira, 22 de maio de 2009

MOMENTOS ÚNICOS


Apagar um Passado??
Jamais o conseguiremos…
Se gravado na ALMA
Ainda o temos…

Se no mais íntimo do ser
Sabemos que o tempo vivido
Foram MOMENTOS ÚNICOS
De um passado perdido.

Esses Momentos Únicos
Jamais se repetirão
Ficam para sempre guardados
Dentro do meu Coração…

terça-feira, 19 de maio de 2009

Pensamento do dia....


“A SAUDADE existe não por estarmos longe, mas porque um dia estivemos juntos.”

domingo, 17 de maio de 2009

SONHO


Hoje…
Ao acordar,
Lembrando o que sonhei,
Senti um aperto no peito…
Sonho ou ilusão??!!
Apenas a Solidão
Encontrei

domingo, 10 de maio de 2009

DEIXA QUE TE DIGA...



Hoje apetece-me falar contigo.
Tenho tanta coisa para te dizer…
Vou falar-te baixinho, pois quero que prestes a máxima atenção.
Que é feito de ti?
Que tens feito?
Por onde tens andado?
Quero dizer-te que tenho tantas Saudades tuas…
Do teu sorriso…
Da tua maneira de ser…
Dos teus beijos…
Do teu abraço…
Do teu corpo….
Tenho saudades de tudo em ti.
Dos momentos que passamos juntos…
Dos momentos em que rimos…
Dos momentos em que calamos e, mesmo nesse silêncio, tanta coisa era dita…
Será que tu também te lembras de Nós?
Acredito que sim. Quero acreditar que sim. Sei que sim.
Talvez este ainda não fosse o nosso Tempo.
Tivemos o nosso tempo e deixámo-lo passar…
Reencontrámo-lo e deixámo-lo de novo passar.
É tão difícil aparecer uma segunda oportunidade…
Será que vai haver uma próxima???
Não sei…
Se queres saber, estou demasiado cansada de tudo…
É demasiado desgastante viver assim…
À espera…
Apetece-me soltar amarras, cortar a corda e deixar-me ir. Deixar-te ir… meu Cometa.
Entras agora novamente na rota mais afastada da tua Estrela.
E tu vais…
E eu deixo-te ir…
Ainda assim fazemos parte do mesmo sistema…
E continuamos ligados…
Se não for nesta Vida, tenho a certeza que nos voltaremos a encontrar.
E tu serás Meu… e eu serei Tua….
E quero acreditar que nesse Tempo os obstáculos não serão tão altos…
Cresceremos e juntos seremos capazes de os transpor.
Como tu dizes “QUEM SABE UM DIA….”
Mas por agora deixo-te ir…
Vai…
Quero-te bem, demasiado bem para te prender…
Apenas te desejo Tudo de bom que há no Mundo.
Sê Feliz!!!!


terça-feira, 5 de maio de 2009

COMO EXPLICAR O AMOR

Há algum tempo li esta história que tenta explicar o AMOR. Desconheço o autor, mas como a achei lindíssima, partilho-a com quem a quiser ler.
Leiam até ao fim.
Não se arrependerão.


Conta-se que uma vez se reuniram os sentimentos e qualidades dos homens num determinado lugar da Terra.
Após o ABORRECIMENTO ter reclamado pela terceira vez, a LOUCURA, como sempre tão louca, propôs:

- Vamos brincar às escondidas?
A INTRIGA levantou a sobrancelha intrigada e a CURIOSIDADE, sem poder conter-se, perguntou:
- Às escondidas!? Como é isso?
- É um jogo – explicou a LOUCURA – em que eu fecho os olhos e conto de um até um milhão, enquanto vocês se escondem. Quando eu tiver acabado de contar, o primeiro de vocês que eu encontrar ocupará o meu lugar para continuar o jogo.
O ENTUSIASMO e a EUFORIA dançaram de contentamento.
A ALEGRIA deu tantos saltos que acabou por convencer a DÚVIDA e até mesmo a APATIA, que nunca se interessava por nada.
Mas nem todos quiseram participar.
A VERDADE preferiu não se esconder. Para quê? Se no final todos a encontravam?
A SOBERBA achou que era um jogo muito tonto (mas no fundo o que a incomodava mesmo era não ter sido ela a ter a ideia) e a COBARDIA preferiu não se arriscar.
- Um, dois, três,… - começou a contar a loucura.
A primeira a esconder-se foi a PRESSA, que, como sempre caiu atrás da primeira pedra do caminho.
A FÉ subiu ao céu e a INVEJA escondeu-se atrás da sombra do TRIUNFO que, com o seu próprio esforço, subiu para a copa da árvore mais alta.
A GENEROSIDADE quase não conseguiu esconder-se, pois cada local que encontrava, parecia-lhe maravilhoso para algum dos seus amigos: um lago cristalino seria ideal para a BELEZA,
a copa de uma árvore, perfeita para a TIMIDEZ
o voo de uma borboleta, o melhor para a VOLÚPIA
uma rajada de vento, seria magnífica para a LIBERDADE.
Deste modo acabou por se esconder num raio de sol.
O EGOISMO, por seu lado, encontrou um local muito bom desde o início. Arejado, cómodo, mas só para ele.
A MENTIRA escondeu-se no fundo do oceano (mentira, na realidade escondeu-se atrás do arco-iris) e a PAIXÃO e o DESEJO esconderam-se no centro dos vulcões.
Não me recordo onde se escondeu o ESQUECIMENTO, mas isso não é o mais importante.
Quando a loucura estava lá pelo 999 999, o AMOR ainda não tinha encontrado um local para se esconder, pois já todos estavam ocupados. Finalmente encontrou um roseiral e, carinhosamente, decidiu esconder-se entre as suas flores.
- Um milhão! – contou a LOUCURA. E começou a busca.
A primeira a aparecer foi a PRESSA. Depois ouviu-se a FÉ discutindo com Deus sobre alguma coisa.
Sentiu-se então vibrar a PAIXÃO e o DESEJO dentro dos vulcões.
A INVEJA apareceu por descuido e logo se ficou a saber onde estava o TRIUNFO.
O EGOISMO nem foi preciso procurá-lo. Ele saiu disparado do seu esconderijo, que afinal era um ninho de vespas.
De tanto caminhar a LOUCURA sentiu sede e, ao aproximar-se de um lago, descobriu a BELEZA.
Foi muito fácil encontrar a DÚVIDA, pois estava sentada em cima de um muro sem saber de que lado se esconder.
E assim, pouco a pouco, foi encontrando todos os sentimentos.
Apenas o AMOR não aparecia em lado nenhum.
A LOUCURA procurou atrás de cada árvore, por debaixo de cada rocha e no cimo das montanhas.
Quando estava quase a dar-se por vencida, encontrou um roseiral.
Pegou numa forquilha e começou a mover os ramos. De repente, ouviu-se um grito de dor.
Os espinhos tinham ferido o AMOR nos olhos.
A LOUCURA não sabia o que fazer para se desculpar. Chorou. Implorou. Rezou. Pediu perdão e, por fim, prometeu ser seu guia.
Desde então, o Amor é cego e está sempre acompanhado da LOUCURA.

Espero ter sabido transcrevê-la sem alterar a sua essência. Se o seu autor a ler e vir que não corresponde exactamente ao original, desde já as minhas desculpas.
Para quem tenha lido esta história até ao fim, espero que tenha gostado.
Para mim, esta é uma bonita explicação para o facto de se cometer tanta loucura por amor. E por sermos tão “loucos” quando estamos apaixonados.
Espero não ter decepcionado.

segunda-feira, 4 de maio de 2009

Pensamento do dia....

"Faz da tua ausência o bastante para que eu venha a sentir a tua falta, mas não a prolongues a ponto de que eu venha a me acostumar a viver sem ti."

sexta-feira, 1 de maio de 2009

VI


Fechei os olhos.
Fechei os olhos e vi…
Vi-Te…
Igual a ti…
A tua imagem, o teu sorriso,… TU
Consigo ver-te sorrir…
Pegas-me na mão…
Levas-me pra Longe.
No nosso Mundo não existe mais nada.
Apenas TU e EU.
Consigo sentir o teu perfume.
Enebriar-me com o teu cheiro
Consigo ver cada pedaço de Ti…
Perder-me no teu corpo.
Sentir-te….

sexta-feira, 24 de abril de 2009

ESPERA....


“Quando se ama alguém, tem-se sempre tempo para essa pessoa. E se ela não vem ter connosco, nós esperamos. O verbo esperar torna-se tão imperativo como o verbo amar. A vida torna-se numa estação de comboios e o vento anuncia-nos a chegada antes do enlace do olhar.
O amor na espera ensina-nos a ver o futuro, a deseja-lo, a organizar tudo para que ele seja possível.
É mais fácil esperar do que desistir.
É mais fácil esperar do que esquecer.
É mais fácil sonhar do que perder.
E para quem vive a sonhar é muito mais fácil viver.”
M.R.P.

quarta-feira, 22 de abril de 2009

Pensamento....


Hoje deixo apenas um pensamento....


“As pessoas que amamos quase sempre nos escapam; ou porque aparecem cedo demais, ou porque se vão embora, ou porque simplesmente, não as reconhecemos e, por isso, não as sabemos agarrar.”

terça-feira, 21 de abril de 2009

COMETA


Um COMETA é, por definição, um astro que gira no espaço, numa órbita eliptíca, em torno do Sol.
Também TU és o meu cometa.
Eu sou o teu Sol….És o meu astro, que eu tanto ADORO, preservo e mantenho (apesar de tudo).Giras à minha volta.
Recebes a minha LUZ..
Umas vezes mais afastado, outras vezes mais próximo….
Vens e vais…. E eu deixo-te ir.
És LIVRE!!
Voltas… e estás sempre por perto.Após tantas órbitas, nunca houve um desastre espacial.
Nunca colidimos verdadeiramente.
Se tal tivesse acontecido, a separação seria impossível.
Ficaríamos desfeitos, mas ligados e unidos para todo o sempre.
E tu sabes isso.
Por isso te deixo LIVRE.Unidas temos as nossas almas, o nosso sentimento, o nosso destino,…Deixemos as coisas tomar o seu rumo natural….
Tal como os astros no espaço.
O que tiver de ser, SERÁ….

domingo, 19 de abril de 2009

A noite...



A noite…
Misteriosa…. longa… triste… negra…
Encontro-me na noite…. Vejo-te na noite. Todas as noites…
A noite… altura em que tudo acontece…
A ideia foge-me pra longe. Encontro-te. És meu…
Vives dentro de mim. Alimento-me de ti.
Sugas-me a vida aos poucos.
Vivo porque te sinto.
Sinto-te porque te amo…
E tu sabes… tu sabes e eu sei.
Também me sentes… também me queres…
Pudéssemos ser livres… pudéssemos voar, como o sonho voa entre nós.Pudéssemos ser NÓS…

quarta-feira, 15 de abril de 2009

QUEM ME DERA...

Quem me dera
ser ave, sendo vento.
Ser tudo em pouco tempo.
Amar-te como nunca foste amado
e ser eu, simplesmente....

domingo, 12 de abril de 2009

NÃO SOMOS ETERNOS....

Todos sabemos que não somos eternos…
Mas passamos a vida a adiar.
Amanhã faço…
Amanhã digo…
Amanhã vou…
Mas virá um dia, em que não haverá
amanhã…
E as palavras e sentimentos acabam
por morrer cá dentro…
E afinal…
É tão simples dizer…
GOSTO MUITO DE TI!

É verdade! Gosto mesmo muito de ti. ADORO-TE. Essa é a verdade.
E se queres saber, já nem sei muito bem porquê. Será que te adoro desde sempre ou porque sempre te adorei?
E ainda creio que nós dois somos eternos.
Não o nosso corpo, mas a nossa essência. As nossas almas! Essas sempre andaram ligadas e sempre andarão. Por todos os tempos…
Obrigada por ter-te conhecido nesta vida. Por nos termos cruzado e por termos marcado a vida um do outro. Sim, porque não foste só tu a marcar a minha vida. Também eu marquei a tua. E tu sabes isso!
Se ainda não é nesta vida que estamos destinados a ficar juntos, paciência. Valeu pelo tempo que estivemos juntos e esse sim, foi só nosso.
Foram nossos os momentos que nos amámos, que falámos, que calámos,… Esses ninguém nos pode tirar.
Nem mesmo o tempo.
O tempo não pode arrancar o que está dentro de nós, nas nossas mentes e nos nossos corações.
Sim. Também te amo. Também te adoro. Também gosto muito de ti.
Ontem, hoje e sempre….

domingo, 5 de abril de 2009

PAIXÃO DAS ALMAS

"A razão porque dói tanto separarmo-nos é porque as nossas almas estão ligadas. Talvez sempre tenham estado e sempre o fiquem. Talvez tenhamos vivido milhares de vidas antes desta, e em cada uma nos tenhamos reencontrado. E talvez que em cada uma tenhamos sido separados pelos mesmos motivos. Isto significa que esta despedida é, ao mesmo tempo, um adeus pelos últimos dez mil anos e um prelúdio ao que virá.
Quando olho para ti vejo a tua beleza e graça, e sei que cresceram mais fortes em cada vida que viveste. E sei que gastei todas as vidas antes desta à tua procura. Não de alguém como tu, mas de TI, porque a tua alma e a minha têm de andar sempre juntas. E assim, por uma razão que nenhum de nós entende, fomos obrigados a dizer adeus um ao outro.
Adoraria dizer-te que tudo correrá bem para nós, e prometo fazer tudo o que puder para garantir que isto assim será. Mas se nunca nos voltarmos a encontrar e se isto for verdadeiramente um adeus, sei que nos veremos noutra vida.
Iremos encontrar-nos de novo, e talvez as estrelas tenham mudado, e nós não apenas nos amenos nesse tempo, mas por todos os tempos que tivemos antes."

sábado, 4 de abril de 2009

ALMA

“Alma
Gémea de minha`lma…
Flor de luz de minha vida….
Sublime estrela caída…
Das belezas da amplidão
Quando eu errava no mundo…
Triste e só, no meu caminho,
Chegaste, devagarinho,
E encheste-me o coração…
Vinhas na bênção das flores
Da divina claridade,
Tecer-me a felicidade
Em sorrisos de esplendor!!!
És meu tesouro infinito,
Juro-te eterna aliança,
Porque sou tua esperança,
Como és todo meu amor!
Alma gémea de minha`lma,
Se eu te perder algum dia…
Serei tua escura agonia,
Da saudade nos teus véus…
Se um dia me abandonares,
Luz terna dos meus amores,
Hei-de espera-te, entre as flores
Da claridade dos céus.”